Teorias do Poker

Textos selecionados e traduzidos para português para lhe ajudar a jogar seu A+.

  • CÓDIGO DE BONUS PT200 PARA BÔNUS DE 100% ATÉ $200

    OBS: Limpar os cookies antes de fazer o download $200 de Bônus no Everest Poker

#34 – Coisas Que Levei Um Tempo Para Aprender – O que você está tentando conseguir?

Posted by staedert em agosto 21, 2008

Things it took me a while to learn – Part 3: What’re you trying to accomplish

Escrito por Bond18, traduzido por Staedert

Esse post vai parecer um pouco repetitivo em relação ao que Gobbo cobriu no tópico dele “Pare de dizer que você está apostando por informação!”, mas também vou falar de assuntos que ele não comentou.

Eu postava muitas mãos onde a resposta básica das pessoas era “O que você está tentando fazer aqui?” O erro comum que eu estava cometendo em meu jogo pós-flop é que eu não estava pensando nas minhas decisões e entendendo a motivação para minhas ações.

Esse é o conceito básico: sempre que você faz uma ação numa mão de poker (exceto fold), você precisa saber o que está tentando conseguir ao realizar essa ação.

Por exemplo, uma jogada que as pessoas fazem o tempo todo é dar raise no flop, então quando tomam reraise pensam eternamente porque não sabem o que fazer. Se você vai dar raise numa situação como essa você precisa saber se está fazendo isso como:

A. um blefe puro
B. um semi-blefe
C. um raise por valor que espera tomar reraise
D. um raise por valor que vai dar fold para um reraise

Geralmente, se você está dando raise por valor deve ser na esperança de tomar reraise, mas há situações, especialmente no river, em que dar raise por valor mas dar fold para um reraise é a jogada mais apropriada.

Se você faz uma aposta e então percebe que não faz idéia se quer que o vilão dê call ou fold, você está ferrado, porque sua aposta não tem um propósito claro.

Você precisa de um plano para cada ação. É OK fazer uma jogada, seu oponente reagir de uma maneira que você não previu e então parar para pensar, mas há tantas decisões em torneios de poker sobre stacks pequenos (especialmente pré-flop) que você deve ser bastante objetivo. Quando você dá raise no SB contra um jogador no BB que tem 15 BBs, não deve ser uma decisão difícil se ele for all-in. Você deve ser capaz de antecipar que um jogador com esse stack estará dando all-in frequentemente em você e agir corretamente dando call com um range apropriado.

Apostar ou dar raise por informação raramente é uma opção viável porque apostas devem cair nas categorias de blefe ou por valor. Há outras maneiras de discernir a informação que você recebe numa mão além de desperdiçar fichas só para isso. Vou falar mais a esse respeito no próximo segmento sobre leitura de mãos.

Se você pretende praticar esse conceito da maneira fácil, jogue um par de mesas por alguns dias, de forma que você tenha tempo para tomar sua decisão. Então, todas as vezes em que você tiver uma decisão que não é incrivelmente óbvia, pare e pense “O que estou tentando conseguir com essa mão?”. Parece uma sugestão boba, mas eu prometo que vai ajudar em pensar sobre o que você está fazendo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: